O que acho da Bel Pesce

Primeiramente, desculpa pelo sumiço, não é que não andei postando, estive postando no meu blog em inglês dedicado ao meu estágio na Mozilla: outreachy.anaplusplus.com

Resolvi comentar isso por causa dos escândalos recentes que envolveram o Zebeleo, que trouxeram a Bel para a mídia denovo e também porque muitas vezes as pessoas fazem uma associação minha com a Bel, dizem “Você deve amá-la” ou algo assim.

Descobri a Bel em 2011 ou 2012, quando ela estava começando a sua carreira de sub-celebridade e eu era uma estudante do ensino médio. Eu me lembro que ao ouvir falar da história dela, uma garota brasileira que tinha estado no Vale do Silício e no MIT (onde sonhava estar e felizmente já estive) e que tinha contado tudo isso num livro “A menina do vale”, me senti super mega inspirada para ler  o livro dela, me senti inspirada a continuar na carreira de informática e me senti representada.

Fiquei ainda mais feliz quando descobri que poderia fazer o download gratuíto do livro dela, sempre pensei que os livros deveriam ser gratuítos e paga quem pode e/ou quem quer ter uma qualidade melhor para o autor. O modelo que “A menina do vale” é distribuído é o modelo que sempre pensei que todos os livros deveriam ser distribuídos, fiz o download duma vez e comecei a ler o livro da tal pessoa: devo confessar que esperava mais. Nem lembro se terminei de ler ou não o livro, mas me lembro que foi uma pequena decepção, esperava ler mais sobre o dia-a-dia no vale do Silício, nos desafios que uma garota tem por lá, dentre outros. Mas o livro da Bel era só o tradicional discurso (muito perigoso por sinal) de “quem quer consegue, todo mundo pode fazer”.

Tudo bem, gostei da figura da Bel, mas não do livro num inicio de conversa, mas tudo bem, vida que segue. Além do livro, outra coisa que me decepcionou foi descobrir que a Bel Pesce não era mais uma menina do vale, que ela tinha voltado para se dedicar a escrever livros e fazer cursos sobre empreendedorismo (eu tinha gostado dela de início pelo fato de ser uma garota que trabalha com informática, se ela não é mais uma garota que trabalha com informática, por que gostaria dela?) mas não desisti ao todo da Bel, afinal ela ainda tinha sido “A menina do vale” e tinha distribuído seu livro da maneira que eu gostei.

Ano passado fui assistir uma de suas palestras do “Tour da Bel”, foi uma palestra legal porque encontrei conhecidos que não via faz tempo e que estavam lá e também porque ouvi historinhas que ela contou da vida dela, mas não achei que foi uma palestra enriquecedora e para mim soou como uma palestra para vender livros e curso. Fiquei com a impressão que a Bel é mais uma dessas figuras que vende o sonho de ficar rico para alguns tolos, e não a menina do vale amante de tecnologia de qual era fã no início.

Eu fiquei um pouco triste quando vi que ela queria abrir uma hamburgueria, um restaurante de carne que não tem nada a ver com tecnologia, não é um app, nem nada. Para piorar, queria dar chaveiros e camisetas para os investidores, no lugar do capital da empresa em ações equivalentes ao investimento. A Bel tecnológica que conheci no início, que imaginava ser uma grande programadora que escrevia linhas e mais linhas de código no vale do silício morreu na minha cabeça, para mim só existe uma Bel sem foco (que não sabe em que ela quer trabalhar, e tem 1 milhão de projetos mas nenhum com grande foco em desenvolver tecnologia de ponta), oportunista e charlatã como descrita no artigo do Izzy Nobre.

Não julgo as pessoas que se sentem inspiradas pelo discurso da Bel a se tornarem pessoas melhores, só digo que esse discurso não me inspira, nem a pessoa que ela se tornou. Eu julgo somente aqueles que apontam o dedo para um pobre e diz “Se quisesse poderia ter estudado no MIT como a Bel Pesce”, se esquecendo que os pais da Bel tinham grana no mínimo para bancá-la num dos melhores colégios particulares, pagar para ela fazer exames de admissão, etc.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s