Minha experiência com coletor menstrual

Para quem não sabe o que é coletor menstrual (ou copinho), é basicamente um copinho feito de silicone cirúrgico que é inserido na vagina para coletar a menstruação (foto abaixo). Um copinho custa cerca de 70 reais, pode ser comprado online e em algumas farmácias (Ouvi falar que a Pague Menos tem), e por não ser descartável, pode ser usado por vários anos. Mais detalhes da parte técnica podem ser vistos aqui, esse post é sobre a minha experiência.

https://i0.wp.com/cdn.revistadonna.clicrbs.com.br/wp-content/uploads/2015/04/coletor-menstrual-saude-mulher-624x499.jpg

A primeira vez que ouvi falar de coletores foi há um tempo atrás quando vi uma propaganda da Inciclo (uma marca de coletores brasileira) no Facebook, e apesar de trabalhar com tecnologia eu tenho um pé atrás quando se trata de inovação: se vejo algo novo a primeira coisa que penso é: “hum… Mais um produto que promete salvar o mundo mas não deve funcionar direito” (Acho que talvez seja por trabalhar com tecnologia que penso isso, acompanho tantas ideias revolucionárias falharem no primeiro mês). Com o tempo, várias amigas passaram a usar e a fazer uma certa propaganda, mas tinha preguiça por ter que comprar pela internet, pensei: “Quando tiver em farmácias/supermecados compro”, só que quando estive nos EUA vi em farmácias só que era muito caro (entre USD 30 e USD 40, e na época 1 dollar era mais ou menos R$4,2), então ao voltar e ver um post no Facebook sobre o tema resolvi comprar pela internet mesmo.

Eu resolvi comprar pelo site “Vai de Copinho“, resolvi comprar da marca alemã “MeLuna” só por ter várias opções de cor (frescura) e por ser um dos mais baratos da loja (60 reais na época, contra 80 do brasileiro Inciclo, na Europa ele custa cerca de 15€). A minha experiência de compra na loja foi boa (compraria denovo), veio dentro do prazo e com um sachê de lubrificante extra para ajudar a colocar (eu não precisei), além de cartinha e instrução de uso.

Quando o coletor chegou em casa, o meu primeiro desafio foi como higienizar (recomenda-se higienizar o coletor antes e depois do ciclo). Existem várias opções de como higienizar, ferver em uma panela de ágata é a mais usada (não se pode ferver em panela de alumínio por causa de algumas substâncias que o alumínio solta), mas essa panela custa 40 reais e poderia tocar fogo no meu coletor. Acabei escolhendo usar pastilhas higienizadoras, no site da Meluna alemã tem pra vender algumas, mas escolhi comprar as “Corega Tabs” que são vendidas em qualquer farmácia no Brasil (são usados para higienizar dentaduras) e usar.

Quando meu ciclo finalmente estava para chegar, eu resolvi colocar, para colocar temos que dobrar o coletor de alguma forma. As dobras que funcionaram comigo foram a 7 e a punch down, a C achei muito volumosa e as outras (do link acima) muito complicadas de fazer. Diferente do que achava, comigo o coletor não abriu assim que inseri, ele demorou um pouquinho e algumas vezes tive que dar uma mexidinha para abrir. Apesar de não ter tido grandes problemas, eu achei o coletor bem mais difícil de colocar que um absorvente interno.

Sobre incomodar ou vazar, o coletor incomoda muito menos que um absorvente interno. O absorvente interno é ok de usar no início, mas quando vai dando perto das quatro horas máximas, ele vai ficando pesado e impossível de não ser notado, o coletor não incomoda em nenhum momento. Sobre vazamento, só aconteceu comigo uma vez, porque a criatura retardada aqui inseriu o coletor da maneira errada (imagem abaixo)! Mas logo vi que tava vazando e coloquei do jeito certo de novo, não é bom empurrar muito (para tentar ficar como um OB) porque tem mais chance dele ir para o jeito errado, é melhor deixar na bordinha mesmo. Mas ele aguenta 8, 10 horas de uso de boas sem vazar (coisa que é impossível para um absorvente).

Em resumo, as vantagens do coletor em relação ao absorvente são: 1) Ecologicamente correto (não me importo muito com isso, mas…) 2) Dura mais tempo sem vazar (muito importante para mim) 3) incomoda menos 4) dá para nadar com ele. A do absorvente é 1) mais fácil de colocar 2) não precisa se preocupar com higienização. Não falei de preço, porque apesar de se formos pensar que uma caixa de OB suficiente para um mês custa 8 reais, e um coletor 80 com frete, mas que podemos usar o coletor por anos, não sei de fato se isso é verdade, não sei se ele dura tanto tempo assim, e além disso temos custos adicionais como de material para higienização no coletor. Em algum tempo talvez edite e escreva se ele dura de fato, anos.

Anúncios

One thought on “Minha experiência com coletor menstrual

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s