O que é VPN: porque usar e porque evitar

Nesses dias de zapzap bloqueado no Br (ok, já passou, mas mesmo assim pode acontecer novamente), muita gente tem baixado um tal de VPN que pode ser definido como “um appzinho que desbloqueia o Whatsapp”, mas poucos sabem de fato o que é isso e porque pode ser bom e porque pode ser perigoso, então vou responder nesse post.

12376693_1521294108169043_6819139725269362227_n

O VPN em inglês quer dizer Virtual Private Network (que seria em pt-br: Rede virtual privada), e o que isso significa?  Significa que um aplicativo vai criar uma rede nova e seria como se você estivesse  usando o computador por ela, funciona assim: o VPN vai encapsular o que você quer enviar pela internet (um vídeo, uma mensagem, uma chamada de um site de banco, etc) dentro de um novo pacote que vai passar pelo provedor de internet sem que o provedor saiba do que se trata, o provedor vai saber que você está conectado com um VPN e nada mais.

O VPN pode ser usado por você na vida (não só em tempos de Whatsapp bloqueado) porque isso vai proteger você do provedor de WiFi que você está usando. Por exemplo, se você entrar num café ou num aeroporto, você pode está numa rede que não é segura e usar o VPN é o melhor jeito de encriptografar os seus dados de uma maneira fácil. Outra vantagem é que se você quer assistir algo que está bloqueado para o seu país, você também consegue com VPN e a terceira não é tão útil para brasileiros, mas se você estiver num país em que downloads de torrents e coisas do tipo possam lhe trazer multa (na Alemanha, um download de um torrent pode custar 800€ de multa, e vai chegar o papel na sua casinha), então o VPN é útil também para isso.

A desvantagem é que o dono da VPN (o dono do aplicativo) pode ver tudo que você está fazendo, desde seu histórico de mensagens do whatsapp até chamada de protocolos de banco ou de redes sociais (ok, normalmente os aplicativos criptografam as senhas antes de enviar para o servidor, mas vai saber…), então para isso você precisa escolher um bom app de VPN, e o pior: os mais confiáveis são pagos. Então se você estiver usando um aplicativo podrão baixado da Google Store (tem muito app ruim lá) pense duas vezes antes de mandar algo usando a sua rede de VPN.

Bonus: E o proxy, qual a diferença? O proxy é uma ferramenta que para pessoas “comuns” tem um objetivo similar: acessar coisas proibidas (como sites de televisão de outro país ou o facebook em países que é bloqueado). A maior diferença é como ele faz isso: o proxy não criptografa os seus dados como o VPN, mas ele usa um computador intermediário para fazer a comunicação, seus dados vão para a internet como se tivessem sendo usados por um IP diferente do seu. Para vários usos do VPN, o proxy não é útil (como acessar aplicativos, a não ser que seja um socket proxy que é lento demais).

PS: Eu não sou especialista no tema, se escrevi uma besteira, por favor me avise!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s