Minha experiência num hackathon

Intro: Estou escrevendo esse texto porque fui selecionada para um hackathon sobre gênero da Câmera dos deputados e algumas pessoas não tiveram experiências com hackathon, então farei uma comparação entre o hackathon que participei e o que vou participar.

Em maio desse ano participei do Hackathon de dados educacionais do INEP e da fundação Lemmann, que aconteceu em Brasília, para quem está chegando aqui de paraquedas, Hackathon é uma maratona de programação onde visa-se desenvolver tecnologia para resolver algum problema. Nunca tinha ido a um Hackathon anteriormente, nem achava que tinha gabarito para ser selecionada para um, então a minha inscrição foi quase que sem esperança. No entanto, fui surpreendida ao ser selecionada.

Foto de grupo do Hackathon de dados educacionais

Foto de grupo do Hackathon de dados educacionais

O tema do Hackathon, como dito, era dados educacionais, tínhamos que desenvolver algum produto que expusesse dados abertos do INEP para o grande público. Tinha inscrito uma ideia de manipular alguns dados do SISU para fazer um “simulador de SISU” para ansiosos, e achava que iria desenvolver a ideia lá. No entanto o hackathon do INEP não iria desenvolver o projeto de todos os inscritos (pessoal que está aqui pelo motivo da introdução, fiquem tranquilos, porque falei com o pessoal da câmera e todas as ideias serão desenvolvidos nesse hackathon).

No primeiro dia do evento, tivemos um pitch para apresentar nossos projetos e escolher quais seriam desenvolvidos de fato na maratona, no entanto, a minha ideia não foi escolhida. Acabei indo (por escolha própria) para um time com outras quatro pessoas que acabamos decidindo desenvolver um jogo para mostrar dados educacionais para crianças.

A partir daquele dia começamos energeticamente a trabalhar no nosso projeto, nós tínhamos café e energético a nossa disposição para que conseguissemos virar a noite trabalhando para ter um protótipo no final do evento.

Play hard, work hard.

No entanto, o evento do INEP não foi apenas desenvolvimento, tivemos algumas oficinas que foram de temas como prototipagem, geolocalização até quais são as principais funções do INEP. Também tivemos uma festa com DJ no primerio dia para que os membros interagissem mais. O organizador do evento me revelou que eles fizeram o evento assim visando que os membros interagissem.

No fim, tivemos as apresentações dos projetos e o julgamento, tivemos cerca de 10 minutos para apresentar os nossos protótipos e no fim, alguns minutos de perguntas para juízes.

IMG_1562

Apresentando o projeto

O resultado do hackathon foi anunciado algumas horas depois (nesse foi mais rápido que o de costume que são anunciados alguns dias depois) e infelizmente não fui uma das ganhadoras, mas a experiência valeu cada segundo.

E você, gostou do relato? Ficou interessado em participar de um hackathon? Se sim, visite o site http://www.hackagenda.com.br/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s