Minha vida num Summer Camp

Os meus 20 dias no Acampamento Pocahontas foram um tanto rotineiros como clássicos: Rotineiros porque fazíamos as mesmas atividades praticamente todos os dias e clássicos porque eram muito parecidos com os dias de acampamentos de verão dos filmes e cartoons americanos.

Neste camping, dormíamos em cabines, como as dos filmes, tínhamos que dividir banheiros onde a água quente acabava e todas aquelas coisas típicas de filme. Nossos dias lá começavam as 7:00 h da manhã, onde éramos despertados com “The Rhodrodendron Song”, uma música que fala sobre acordar nas florestas montanhosas de West Virginia. Depois tínhamos o tempo entre 7 e 7:40 livre para fazer qualquer coisa: Desde praticar esportes, ler um pouco ou dormir mais. As 7:40 começavam a tocar músicas aleatórias, até as 8:10. Esse período era reservado para que nos trocássemos, tomássemos banho, enfim, para a toilette diária. As 8:10 tínhamos nossa reunião matinal (chamada de Assemble on Green) que sempre era precedida de jogos de freesbie e de “Raising Arizona”, onde tínhamos os anúncios do dia (The morning show) e depois o hasteamento da bandeira americana juntamente com o hino americano (flag raising) apesar de todos nós, estudantes, estrangeiros termos que participar, podíamos hastear nossa própria bandeira um dia; depois disso, as 8:30, tínhamos o café da manhã.

No dia que eu e Manoela hasteamos a bandeira brasileira no camp.

A nossa primeira atividade científica era uma palestra com algum convidado especial às 9:00h, tivemos vários convidados legais, como engenheiros, inventores, programadores, meteorologistas, físicos etc. Sobre os mais variados temas. Depois  tínhamos uma seção de estudos dirigidos que escolhíamos fazer com os pesquisadores convidados do Camping, fazíamos o mesmo estudo dirigido por três dias.

A tarde, nossas atividades variavam: As vezes partíamos para uma Out of Camping Experience (OCE), ou tínhamos competições (como de torres de papel, matemática, programação, decodificação de códigos, frisbie etc) ou tínhamos seminários que

Competição de torre de papel =D

eram em parte parecidos com os estudos dirigidos mas não eram necessariamente voltado as ciências (tinham alguns do tipo: Como construir carteiras com fitas adesivas) e que só fazíamos por um dia

. Em geral, depois, tínhamos meia hora livre na qual podíamos usar o computador, fazer coisas da escola, ligar para os nossos parentes, praticar música, ler, jogar xadrez, ping pong ou frisbie ou então comprar coisas na Camp Store.

Depois do janta

r,  tínhamos outra palestra, no mesmo estilo da primeira; tínhamos um lanche, tempo para a toilette noturna e as cabin meetings (ou Reuniões da Cabine)  antes de dormir, onde falávamos  sobre a vida, coisas como o que queremos ser, quem somos agora (era uma sessão de auto – conhecimento). As onze horas, íamos dormir ao som de Askohan Farewell .

Basicamente, esta era a nossa rotina, a não ser quando íamos para as Overnights trips, passávamos uma noite e dois dias fora do camping, fazendo outros tipos de atividade. Aqui tenho dois exemplos de Daily Schedule do NYSC 2013: Uma com OCE e outra sem OCE.

Sei que falei muito por cima de cada uma das atividades do National Youth Science Camp, é que pretendo falar mais detalhada de cada uma dessas atividades, o meu próximo post será assim:

– Atividades científicas

– Out of Camp Experience

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s